Ju-Jitsu Tradicional

 

        JIU JITSU é um sistema específico de combate com origem no Japão.

 Os métodos usados contêm técnicas de projeção (Nage Waza ), técnicas de controlo (Katame Waza) e técnicas de perfurar, golpear e pontapear (Atemi), que incluem numerosas subdivisões e de importância variável dentro do conjunto de escolas (Ryu) e estilos (Ryu-Ryu-Ha) diferentes. , o nome "JIU JITSU" veio a usar-se como uma designação coletiva para os métodos do combate próximo, com mais ou menos vantagem, devido ao aproveitamento da força de um ataque para benefício próprio de acordo com o princípio do "Ju Yoku Go o Sei Suru" ("o suave ou mole conquista o duro").

 

  O Sistema desportivo é composto por :

    - Sistema Duo

    - Sistema de Luta

    - Defesa Pessoal

    - Ne Waza

SISTEMA DUO

 

    O Sistema de Duo destina-se a apresentar a defesa de um concorrente contra vários ataques pré-determinados de outro concorrente da mesma equipa. Os ataques são divididos em 3 séries de 4 ataques cada:

    - Série A. Ataques á pega abraçando o tronco ou estrangulando o pescoço

    - Série B. Ataques com socos, golpes ou pontapés

    - Série C. Ataques com armas

 

    Cada ataque tem de ser preparado por um ataque precedente como por exemplo empurrando, batendo ou puxando.

    Todos os ataques podem ser efetuados à direita ou à esquerda, dependendo da escolha da equipa.  

    A defesa é da livre escolha do defensor, assim como os respetivos papéis ou a mudança dos papéis como atacante ou defensor, assim como as respetivas posições dos pés.

    O árbitro central mostra 3 ataques de cada série, e o outro par irá efetuar os mesmos ataques mas numa ordem diferente indicada pelo árbitro central.     No primeiro ataque de cada série, o Tori (defensor) deve ter o júri no seu lado direito, depois deste ataque os restantes podem ser efetuados de ambos os lados.

    Os resultados da apresentação serão dados depois de cada série pelos júris, sob o comando do árbitro central, que a voz de “Hantei” mostram o respetivo quadro de resultados sobre as suas cabeças.

    Se necessário o árbitro central indica os ataques incorretos utilizando o sinal correspondente e dizendo o número do ataque errado.

    Quando a mesma equipa é envolvida em jogos seguidos, será permitido um tempo de recuperação no máximo de 5 minutos entre eles.

 
    Explicação:

  - Na série C o atacante pode começar com as duas armas nas suas mãos.         - O Pré-ataque e ataque têm de ser executados pelo atacante. 

  - A mudança de papel como atacante ou defensor pode também ser mudada durante as séries.

  - O árbitro lê primeiro todos os resultados, e depois de confirmar que todos os resultados foram registados no marcador, mandará baixar as pontuações.   - O sinal “ataque incorreto” será mostrado pelo árbitro central se o atacante executa outro diferente do indicado pelo árbitro central. 
 

                    

SISTEMA LUTA

 

     - No sistema de luta, dois competidores lutam um contra o outro de uma maneira desportiva de acordo com o espírito do Ju-Jitsu. 

         - O Sistema de Luta é composto por 3 Partes:  

             + Parte 1:  Socos/Golpes e pontapés.  

             + Parte 2:  Projeções, idas para o solo, luxações e estrangulamentos.                  + Parte 3:  Técnicas de imobilização, luxações e estrangulamentos. 

 

    - Os competidores têm de estar tecnicamente ativos antes de partir para a parte seguinte. Um ato é tecnicamente válido quando o competidor mostra a técnica com bom equilíbrio e com combinações controladas .

    - Os ataques na parte 1 estão limitados às seguintes áreas: cabeça, face, pescoço, abdómen, peito, costas e lados.

    - Todos os estrangulamentos são permitidos, exceto estrangulamentos utilizando diretamente as mãos / dedos.

    - O tempo de combate por encontro é 3 minutos. Caso seja necessário, o árbitro central em conjunto com os árbitros laterais devem decidir, depois de consultar o árbitro da mesa, se a última ação aconteceu antes ou depois do final do período dos 3 minutos.

    - Em caso de combates consecutivos, um período máximo de 5 minutos será permitido entre os dois encontros.
 
Explicação: Por combinações entende-se: 

         Na parte 1 os competidores devem fazer combinações com pontapés ou socos.

         Na parte 2 os competidores devem estar realmente ativos para tentar projetar ou levar para o solo o oponente. 

         Na parte 3, enquanto houver vontade real de continuar o combate nesta fase, e houver progresso na técnica em curso, a ação deve continuar, sem que no entanto todo o combate tenha lugar no chão.

                    

DEFESA PESSOAL

 

                    Defesa pessoal, ou autodefesa, é um conjunto de vários métodos que têm como fim neutralizar um ataque pessoal.

                    As técnicas de defesa pessoal têm origem nas artes marciais tradicionais e foram adaptadas por pessoas comuns, para que estas pudessem defender-se nas suas vidas normais.

                    Na defesa pessoal utilizam-se técnicas simples e evitam-se movimentos muito complexos.

                    Utilizam-se principalmente bloqueios, retenções e alavancas para dominar o adversário o mais rapidamente possível, encurtando o tempo de combate com o objetivo de evitar riscos e deixar em segundo plano diferenças físicas.

                      A defesa com mãos nuas pode ser completada com armas próprias ou impróprias, que podem ser facas, armas de fogo ou qualquer objeto que esteja acessível no momento do conflito.

                      Existe a defesa pessoal Civil ou Urbana, Policial e Militar, e muito recentemente foi criado o sistema Desportivo Moderno.

SISTEMA NE-WAZA

 

    No Sistema Ne-Waza dois competidores competem um contra o outro no chão de uma forma desportiva.

    O sistema Ne-Waza é composto por, Projeções, derrubes, luxações e estrangulamentos de pé.

    Técnicas de imobilização, luxações e estrangulamentos no solo, sendo o tempo de combate por encontro de 6 minutos, nos Séniores. 

    Entre dois combates é permitido um tempo máximo de descanso de 6 minutos.

MEMBRO